Juíza diz que vai denunciar todos porque uma moto estava atrapalhando a saída do seu carro

0
407
Compartilhe

Um caso que aconteceu em Balneário Camboriú, praia localizada em Santa Catarina, está viralizando na internet brasileira. No último sábado (3), um homem gravou uma confusão causada por uma mulher que se diz juíza. Todo bate-boca e a ameaça de prisão aconteceu porque uma moto estava atrapalhando a saída do carro da barraqueira e de seu companheiro. Sem saber ou prestar atenção na sinalização, a suposta juíza chegou a dar tapas no homem que segurava a câmera.

A gravação tem um pouco mais de dois minutos e começa com a mulher gritando que irá no Ministério Público e denunciará todos. Quando o companheiro percebe que está sendo filmado, ele questiona o homem. É nesse momento que a suposta juíza dá um tapa na câmera. A mulher, muito irritada e com a voz um pouco alterada, diz novamente que é juíza e denunciará as pessoas que estacionaram motos ali.

“Se você é juíza, você tem que dar o exemplo, você também está errada”, disse um homem. “Exemplo? Eu tô de férias”, disparou a mulher. O que acontece é que todos estavam estacionados em vaga para embarque e desembarque. Mas, ninguém percebeu que a sinalização era válida entre 2h e meio-dia. Dessa maneira, todos que estavam estacionados no local, não estavam fazendo nada de errado, ainda mais que a confusão aconteceu no final da tarde.

A mulher continua gritando que é juíza, dizendo ainda que trabalha com suspeitos agressivos. Mesmo assim, os homens continuam questionando, enquanto o bate-boca continua. Antes de ir embora, a mulher sai do carro novamente e queria chamar a polícia. É quando o seu companheiro decide intervir e a coloca novamente no veículo.

Compartilhe