Milionário mata 49 mulheres e vende corpos de vítimas como carne picada de porco

0
950
Compartilhe

Mais um serial killer foi descoberto,dessa vez,no Canadá.Quando esse tipo de pessoa é identificada,é difícil entender os motivos que levam a cometer os homicídios em série em série,que contam com similaridades,começando pelas vítimas.Mas,dessa vez,o que também chama bastante atenção da mídia é que o assasino em série é um multimilionário do Canadá,um agricultor que fez a sua vida vendendo carne.Identificando como Robert Pickton,de 68 anos,o homem conseguiu por um longo tempo enganar a todos.Ninguém podia imaginar que o canadense já havia matado 49 prostituas.Além disso,os policiais ficaram chocados quando descobriram a maneira que ele escondia os corpos : picava-os e misturava com a carne de porco que é vendida no seu estabelecimento.

No entanto,não pense que o Pickton passou tanto tempo despercebido.Em fevereiro de 2002,as autoridades da Columbia Britânica descobriram a participação do agricultor em alguns homicídios.No entanto,não parecia que o dono do chamado “Palácio dos Porquinhos” era realmente um serial killer.Afinal,naquela época os casos poderiam ser isolados.Porém,ao passar dos anos as coisas foram piorando em grande escala,até que finalmente foi descoberto que o milionário é um verdadeiro sádico,com um currículo extenso de homicídios.Em 2007,ele era acusado por seis mortes,em 2012 o número subiu para 26 e agora,conforme últimas informações,foram,na verdade,49 assassinatos.

Compartilhe